02 jun de 2021
Brasil – Pecuária – Posso usar só bagaço de cana na manutenção da recria ou preciso do concentrado?

O produtor Ilton Pereira, com propriedade em Cachoeira de Minas, no sul do estado de Minas Gerais, solicitou informações sobre o uso do bagaço de cana na nutrição de bovinos. Ele quer saber se o insumo pode ser utilizado sozinho na manutenção do gado de recria durante a seca ou se vai precisar complementar a nutrição com algum tipo de concentrado, como farelo de soja ou milho moído, considerando que o gado continuará no pasto.

Como suplementar as diferentes categorias de bovinos em meio à seca?

Foi o zootecnista Marco Aurélio Porcionato, gerente técnico de ruminantes da Trouw Nutrition Bellman, quem atendeu o pecuarista em participação no Giro do Boi Responde desta terça, dia 02.

“A gente compara o bagaço de cana-de-açúcar com o capim de período seco, muito ruim. Quando a gente pega um capim de período seco, a gente sabe que a qualidade nutricional dele é muito ruim. Baixa proteína, muita fibra, representado pelo FDN altíssimo”, observou Porcionato.

“Então o animal tem limitações para ingerir um material como esse, por isso só o bagaço não seria o suficiente para uma manutenção desses animais”, opinou.

Quando é vantajoso incluir o bagaço de cana na dieta do confinamento?

O especialista apontou o que o produtor deve fornecer para que a dieta de manutenção cumpra o seu papel. “Se você quiser uma manutenção de peso, é importante que você coloque ainda uma suplementação, um mineral ureado, um mineral aditivado ou ainda recomendo um proteinado, que você tem ainda um desempenho de 200g a 250g adicionais de peso nesse animal”, sugeriu.

“Sabendo que o bagaço tem baixa proteína e uma qualidade muito ruim, a gente espera que ele seja só uma contribuição de fibra para o animal. Então para uma recria, em período seco, eu recomendo suplementação além do bagaço de cana”, reforçou.

Conheça os principais coprodutos para engordar o gado e como usá-los

Conheça os dez mandamentos da suplementação de gado de corte a pasto

Leia também:

Pecuarista, deixe o improviso de lado e pare de perder dinheiro na seca

Cinco estratégias para terminar seu gado na seca

Se você tiver dúvidas a respeito de nutrição animal, envie sua pergunta para o especialista no link do Whatsapp do Giro do Boi, pelo número (11) 9 5637 6922 ou ainda pelo e-mail girodoboi@canalrural.com.br.

Confira a resposta completa pelo vídeo abaixo:

Foto: Agência de Notícias / Embrapa

Fonte: Giro do Boi

Oferecimento:

77 9 9926-6484 / 77 9 9979-1856